Picolé de leite materno: conheça o snack natural dos bebês

'Peitolé' é nutritivo e alivia desconforto do nascimento dos dentes

Publicado em 22/02/2018
Picolés de leite materno

Nutritivo e refrescante, o picolé de leite materno é uma alternativa caseira e simples para alimentar o bebê. Além de oferecer as propriedades naturais do leite materno, o snack, que também é chamado de "peitolé", pode ser útil para aliviar o desconforto do nascimento dos primeiros dentes, reduzindo inflamações e inchaços nas gengivas.

Veja como preparar o picolé de leite materno:

- Escolha potes para fazer os picolés e os higienize muito bem;

- Lave muito bem as mãos e retire um pouco de leite com a ajuda de uma bomba;

- Coloque o leite nos potes e acrescente palitos de plástico, também higienizados, nos recipientes e leve ao congelador ou freezer.

Outra opção é usar formas de gelo ou aquelas próprias para picolés para preparar o peitolé. Só tenha cuidado para não oferecer ao bebê versões muito grandes, que ele não consiga segurar sozinho, ou muito pequenas, que ele possa engolir de uma vez. 

Segundo pediatras, o ideal é oferecer o picolé de leite materno pelo menos a partir dos seis meses de idade, pois nessa fase as crianças aceitam melhor alimentos em diferentes temperaturas, mas vale conversar com o seu médico antes.

Outros cuidados fundamentais são não acrescentar nenhum tipo de adoçante (mesmo que natural) no picolé, não guardar os restos para o bebê comer depois - pois a saliva contém bactérias - e, também, não deixar a criança ingeri-lo sem fiscalização, para evitar engasgos.

Foto: Pinterest